Unhas frisadas


Hoje foi dia de pintar as unhas ao estilo Potiguar. Desde o ano passado que tenho estado a maior parte do tempo no Rio Grande do Norte, observei que as unhas usadas pelas locais são, em sua maioria, com aquela pontinha faltando esmalte, que eles chamam de unha frisada.
Nas temporadas passadas (isso nas revistas e em BH) os frisos eram feitos com esmaltes de outra cor, destacando duas cores fortes com resultado moderno. E como aqui continuo, a ida ao salão sempre tem a pergunta da manicure: você quer frisada? e decidi experimentar. Acho que não gostei. A sensação é que o esmalte ficou velho e saiu nas pontas. O bom do estilo é que pode ir lixando a unha sem prejudicar o esmalte e a durabilidade é maior, já que é exatamente nessa parte que descasca com facilidade.
Resultado das unhas frisadas.

unhas e pele com melasma...como aqui anda quente demais, não dá para fazer maquiagem, então é la ao natural.

Unhas pintadas com mais de uma cor em sentido inverso e esmaltes de Deborah Lippmann – glitter polishes 2.0

 e para terminar, bolsas longchamp para a primavera/verão além mares..a pose da primeira modelo é de dar inveja...coisa que nunca tive entre tantas mil foi flexibilidade.


Comments