Quando se chega aos 40...


Hoje não tenho muito a falar, a não ser que quando se está nos 40 tudo muda, tudo dói, tudo cai e não inventaram ainda uma lei contra a tal gravidade...obviamente tem cirurgia para amarrar tudo quase ao topo da cabeça...hahaha.
Os 40 podem ser os novos 25, os 50 os novos 30 e assim por diante. Mas o corpo dirá outra coisa. Os olhos e a cara incham. Os joelhos, tornozelos, pernas, braços sentem o peso da idade - eles doem, sem falar na flacidez de certas áreas (quase todas). A cintura se era 60, passa do dia para noite a 70. O bumbum cai e se junta ao culote. O tchauzinho pra amiga é com o braço pregado ao corpo para evitar aquele balanço conhecido....você vai para a cama enxergando e levanta quase cega. E não adianta forçar os olhos para ler o seu livro preferido, as letras parecem dançar e o jeito é correr para usar óculos. É impressionante como o tempo chega e modifica a vida da gente. Mas é a vida e temos que lutar pra viver.....e malhar em dobro!! 

Se é pra viver, que seja com alegria e nada melhor que ver flores e essa juventude estampada no rosto da nova advogada, que tem muito tempo pra desfrutar a vida.

Aproveitando o friozinho que continua em BH, hoje foi dia de usar, novamente, o casaco velho de lã que quase anda sozinho. Honestamente, preciso aprender a desapegar ...:((....será que é a idade que faz a gente ficar agarrada com certas coisas? cruzes...hahaha





Comments