Estadia em Orlando/FL


A vida boa acabou e voltei para o mundo real, a terrinha de todos os santos chamada Brazil, precisamente, Rio Grande do Norte, depois de passar por Belo Horizonte/MG.
Partir é sempre doloroso mesmo sem amizades novas, a não que ser que o lugar seja odiável, que não foi o caso, mas o que é bom nunca é para sempre....e foi assim!

Os últimos dias nos USA foram em Orlando/Fl. Fiquei entre o hotel e o Centro de Convenções. Não deu tempo de fazer mais nada, mas amei.
Na cidade da Disney só deu para ver o quanto o hotel é imenso, amplo, largo. E tudo que precisas encontras em um só lugar ou nos arredores, porque o americano gosta da grandeza como diz o sr. Marido, e já é projetado para se ter um carro. É tudo longe, mais no horizontal que no vertical.
Essa imensidão tem suas vantagens, principalmente para aqueles que querem apenas curtir uma piscina, comer, dormir e pegar o carro pra sair sem destino.
Do lado de fora se tem uma vista maravilhosa da piscina e dos coqueiros. Daria pra passar o dia todo ali, fazendo absolutamente nada.

 Lá dentro tem vários restaurantes e bar. Do lado, uma farmácia, daquelas que tem tudo e mais alguma coisa para rechear a sua mala.
O divertido na saida, para não falar que daria vontade de chorar é a balança pra pesar as malas e descobrir que foi além dos 70lbs (32Kg) permitidos para vôos com destino ao Brasil.

Hotel que hospedamos: Rosen Center

Um jantar no restaurante do Hilton Hotel (quase do lado), tem carnes divinas e vista para piscina, se a opção for a sacada.

Mesmo no escuro tentei registrar a área da piscina do Hotel.

O preço da diária: média de $130.00 mais as taxas.
Ideal pra quem precisa ficar perto do Centro de Convenções. 

Comments