O que esperar do final de ano? viver sem dor...

Depois de correr muito o ano todo eu sonhava com o final de ano diferente...
Há uma semana retornei ao nordeste, para a praia linda e querida, ao encontro do sr. marido. Sonhava em dar vários mergulhos, brincar nas águas do atlântico iguais as crianças, me divertir muito, muito mesmo, afinal é final de ano. Desejei me purificar no mar para um ano vindouro melhor, deixando tudo que não foi bom em 2012 para trás. Ter um novo começo....

Não sei o que me espera, qual a surpresa do destino. Até hoje não consegui sequer entrar no mar. Sábado fui pra cama sonhando nas estripulias que eu faria no dia seguinte, afinal era domingo. Ele chegou e eu mal consegui me mover. Andei com a coluna toda dolorida, torta. A dor me impedia de ficar ereta. A praia ficou só para as fotos, molhadar literalmente os pés, com boas risadas que amiga conseguiu retirar de mim. Como fez bem.  Pensei, é mal jeito, vai melhorar.

A segunda chegou e caiu a noite. Me sinto como se os órgãos internos estivessem grandes demais para o meu corpo. Tudo é longe na cidade de onde estou. Sinto falta de BH, onde eu poderia ir caminhando ao pronto socorro e ser medicada rapidamente (em termos), com o diagnóstico correto ou pelo menos que amenizasse a agonia.

A vida é uma caixinha de pólvera, se há o ditado que para morrer basta estar vivo, o mesmo vale para ficar doente.
Esse mal estar constante limita até os sonhos e programas mais simples...não tem como pensar, é só desejo de ficar boa e sem dor. Como a vida muda...
O que esperar? Que não haja surpresas ruins...quero melhorar...e faço votos para o que o final de ano não seja o fim ...quero viver, celebrar a vida e ser forte! 

Esse desejo de melhoras e vida eu estendo a todos aqueles que por algum motivo passam por  problemas de saúde. Que acabe o sofrimento, que venha a cura, e que seja rápido. Merecemos ser felizes!



Comments