There is more to Florida than Miami Beach

Praia, mar, sol...em qualquer lugar do mundo é sempre um prazer estar perto dessas maravilhas. Umas melhores que outras, apesar de parecerem tudo igual, porém umas mais limpas, outras com areia branca, mar com ondas ou mais ao estilo de lagoa com água geladas.
Por alguns dias estarei aqui na Flórida. Eu tinha muita curiosidade em conhecer as praias devido aos comentários da beleza desse litoral invadido por brasileiros e demais latinos americanos. Tudo começa no aeroporto de Miami, com aquele falatório em portunhol mais a brasileiro, como eles chamam. Raramente se ouve inglês. Eu até tentei rasgar o meu inglês torto, mas de repente veio aquela famosa frase: você é brasileira? pode falar brasileiro....em seguida a pior das frases que pegou geral na Flórida: brasileiro é louco por compras, adoram ir ao shopping comprar tudo o que veem pela frente...hahaha.....e enquanto eu aguardava Mike no aeroporto, óbvio, eles me mandaram para o shopping mais próximo que segundo a moça do serviço de informações, é o local preferido dos brasileiros e eu como boa brasileira, com certeza iria querer ir até lá pra comprar (vou  postar sobre ele).

Voltando ao assunto praia, Mike preferiu ficar alguns dias em Fort Lauderdale, ao norte de Miami. Apesar de ser inverno, o tempo está ótimo, não muito quente nem frio, diria que perfeito com direito a dar uma esticada na praia. 
Não me surpreendi tanto o quanto esperava, pelo menos até agora. 
O que vi na praia: areia grossa cheia de conchas, mas uma vista linda e diferenciada.
Praia super limpa, com bancadas e mesas, churrasqueiras e muitas lixeiras (será que no Brasil as praias são imundas por falta de cestos de lixo?)
Um muro para cercar a areia da rua, duchas na saída, banheiro público e local para crianças brincarem.
Garotas posando para fotos com seus bikinis comportados e enfrentando a água gelada e sem ondas. 
Muitos sea gull, essas aves que ficam circulando por todo canto na procura de peixes para se alimentarem. Dá um pouco de agonia ver tantos ao redor, parece que vão atacar a qualquer momento.
Estacionamento a beira da praia, sem aquele aborrecimento dos flanelinhas brasileiros. Você vai até a máquina, compra o seu ticket e pronto.
 A street style do dia
É uma pena que o dia ando voando, e não estou conseguindo acompanhar tudo como gostaria.


Comments