Travessia leste a oeste e os jacarés da Flórida


É impressionante como o tempo voa, não só na rotina da vida, mas quando estamos numa espécie de férias e loucos pra curtir cada minuto. Antes de vir pra Flórida achei que duas semanas seriam um longo tempo, o suficiente pra descobrir os principais points em Miami.Lêdo engano. Miami nem entrou na lista ainda, e tudo indica que ficará só em aeroporto e no vizinho Dolphin Mall – o paraíso das compras.
Fort Lauderdale, ao norte e vizinha de Miami, essa é a cidade que passei as primeiras noites, para depois ir rumo ao oeste, atravessando o estado por inteiro – leste a oeste, com ponto final em Port Charlotte para curtir uns dias com os sogros.
A viagem é curta, em torno de 3 horas, na retidão das rodovias, de matar de inveja  qualquer político e diretor do DER brasileiros.
Na estrada não tem muito o que se ver, a não ser, logo que se deixa a cidade, ainda no leste, pântanos e brejos (National park). E de repente, pequenos formatos de lagos paralelos a rodovia com cercas em telas. Sim, para impedir a invasão nas estradas  dos jacarés-americanos, caimão ou aligátor

A Flórida é cheia deles, vi muitos a beira d`água tomando banho de sol ou esperando um café da manhã..kkkk, pena que Mike não podia parar para eu registrar a cena.
Mas, nada que um google não resolva pra mostrar a foto do bichinho aqui...olha isso, que feio!
foto da Wikipedia
Esses jacarés estão por toda parte até ao oeste, incluindo a cidade de Port Charlotte. Depois de várias paradas no caminho para certificar se as pranchas não iriam sair voando do carro, a espectativa de ir curtir um stand up paddle foi literalmente para o brejo com o frio que chegou de repente. Esses animais nada confiáveis estão por toda parte nos lagos da cidade, chilling out or hiding under the water. Ô, jacaré!!
Antes de chegar ao destino a placa da cidade me fez lembrar como voltarei pra casa em grande estilo..hahahaha.
um mês aqui seria o suficiente pra voltar rolando, se não fechar a boca.
E aqui chegamos firmes e fortes. Já estamos quase ao ponto de partir da terra do jacaré. Até mais ver!

Comments