Ilha tour em um dia - passeio pelas praias com pôr do sol em Fernando de Noronha

Quando queremos conhecer algo em uma cidade optamos por um city tour não é? Na ilha de Noronha não é diferente. O ilha tour, que tem duração média de 8 horas e termina com o pôr do sol, é um passeio necessário para quem quer ter uma noção do que a ilha tem de belo e não tem muito tempo na viagem.

Vamos dar início a este longo post. Na mochila não esqueça do protetor, item essencial para esse passeio, bem como a carteirinha de acesso as praias, do contrário terás que fazer outra na entrada. Estejas preparado para pegar poeira ou lama, e se pretendes usar roupa clara, descarte essa opção, pois o veículo utilizado pelas agências tem parte aberta, tipo "pau de arara", e os primeiros que são pegos nas pousadas escolhem os melhores lugares, que é dentro do carro e não na traseira. Meu top ficou bege..kkkk
Primeiro, uma passada na agência para aluguel do material de mergulho (colete, snorkel e pé de pato) que sai ao custo de R$ 20,00.  Pra variar eu aluguei e não usei, então, se não pretendes visitar os peixes, tartarugas e outras espécies marinhas incluindo tubarão, descarte o aluguel de tal material.
Em direção ao Sancho já dentro do parque marinho. Passarela toda arrumadinha pra justificar a taxa. Naquelas casinhas não tem nada...deve ser local pra esconder das chuvas
vista da praia do sancho ou dos deuses....que mundo lindo...
A primeira a visitar é a Praia do Sancho. Na entrada você estreia sua carteirinha no ponto de apoio ao turista, com lojinha de souvenir, lanchinhos, banheiro e até aluguel de armário para colocar seus objetos caso não queira prosseguir ladeira abaixo carregando peso. Lembre-se que no mínimo terás que levar água e protetor solar, porque dali em diante é você e a natureza.

Dizem que uma das finalidades da taxa paga é para melhoria do acesso. Pode até ser em tal ponto, pois houve a construção de trilhas com madeira ecológica para o conforto de nossos pés, bem como de escadarias para chegar até a praia.

A primeira vista a gente nunca esquece e dá pulos de alegria com os "dois irmãos" ao fundo. Quem tem medo de altura prepare-se para a aventura da vida. Espia as fotos abaixo.
 

A aventura maior é encarar as escadarias entre as rochas, ao estilo "escada de bombeiro", como se você estivesse entrando em uma caverna profunda. Medo eu senti, sou fraquinha...kkkkk. Jurava que não encararia, mas no final, quando vi todos literalmente escalando fiquei com vergonha e encarei com o apoio do guia que não era o meu...hahahaha  #quevergonha....e é pavoroso a primeira descida, mas na segunda escada você cai na real que não é tão perigoso assim, só se você não tiver força nas mãos para se segurar. É do tipo rolou, acabou...porque depois de passar pela fenda da rocha, o penhasco é grande e terás que enfrentar em torno de 150 degraus para pisar nas areias do paraíso. Bom que saibas da existência de uma parte entre a escada e a rocha que se a pessoa for mais cheinha não vai passar, tem esse porém.
a fenda da rocha ao fundo por onde se passa...alivio ao ver escadaria aberta
Em águas transparentes encarei apenas um mergulho rápido no mar. É nesse lugar que terás a oportunidade de usar o seu equipamento que carregas nas costas no desce e sobe. Mas não se preocupe, se não queres encarar as escadarias, não perderás a oportunidade de ir mergulhar nessas águas claras. O passeio de barco te leva até lá para o mesmo mergulho.
olha a transparência dessa água!!
 

A segunda praia "taxada" que faz parte do tour é a Sueste. Nessa praia sem ondas, há corais e o uso de colete é obrigatório para aqueles que pretendem mergulhar à direita. Eu fiquei no bar curtindo a vista, de novo, sem usar o equipamento. Esse é o segundo e último lugar para mergulho. 

Chega o momento do intervalo para o almoço na vila. Eles irão te deixar no Bar do Cachorro, mas isso não significa que, obrigatoriamente, terás que comer em tal lugar. A parte boa do bar é a vista da orla.

Feito o descanso do almoço, o destino seguinte é o Mirante do Leão, local lindo porém não propício para banho de mar devido a violência das águas.
ele parece um leão marinho??

Dando continuidade, o destino seguinte é o museu do tubarão, mas antes uma espiada no "buraco da Raquel", que tem um lenda contada pelo guia super engraçada.

 O guia vai pedir pra você pular de novo pra fazer o registro. Ficaria melhor se pegasse somente a parte do mar. Essa foi engraçada - com direito ao pano cobrindo a cara..kkkkk
E ali do lado está o museu do tubarão, com exposição de todas as espécies. O lugar é ótimo para passar uma tarde tomando uns drinks com o azul forte do mar ao fundo.


E no corre-corre que é o passeio, mal deu para apreciar a cerveja gelada e já era tempo de pegar estrada de terra e cheia de buraco novamente, com destino a "Baia dos Porcos" e praia da "cacimba do padre" que fica bem aos pés do "morro dois irmãos" . Ela é a praia dos surfistas, onde acontece os campeonatos de surf. Segundo os locais, as ondas no período de novembro a março chegam a atingir 6 metros. 

Na baia dos porcos tem piscininha natural para relaxar depois de sofrer com as escadarias do Sancho. Porém, entendo não ser propício a entrada de pessoas no local face a existência de alguns corais vivos. Mas quem resiste a esse lugar lindo no entardecer??
Do alto, logo ali do lado é o ponto mais próximo dos dois irmãos. Sim, você os vê em muitos anglos no passeio, mas esse dá a sensação de estar ali, bem juntinho a ponto de quase os tocar.

E começa a corrida para o "fortinho do boldró" para se despedir do sol e dessa paisagem dos deuses. É um passeio que vale a pena para quem não estiver afim de alugar veículo para o tour.


 ...desculpem o longo post...mas é tanta foto que ficou dificil escolher.
Comprando dois passeios o ilha tour sai a R$ 80,00 (esse foi o preço cobrado)

Esse tour foi realizado pela Costa Azul - 81-3619-1134
reservas@costaazulreceptivo.tur.br

Comments