Esmalte em Gel: a dificuldade para retirar o esmalte das unhas

Resolvi fazer as unhas em um salão na China. Depois da grande confusão com o preço - que achei caro, por volta de R$ 12,00 (por ser China), com muito esforço aceitei o jeito diferente de se fazer unhas com aquela mocinha que não falava um A em lingua nenhuma a não ser a dela. Achei estranho desde o início ao começar pela escolha do esmalte, que era por catálogo e não pelos vidrinhos, mas tudo bem.

E deu início a lixação tirando todo o brilho da unha. Fiquei nervosa com a manicure, não queria aquele procedimento, mas ela puxava a mão com força e esbravejava comigo..kkkkk. Terminado, primeiro uma camada de um transparente, pediu para colocar na máquina que mais parecia um forno elétrico velho e posicionado no meu colo.   

Achei estranho e pensei: não, ela não estaria fazendo unhas em gel. 
Segunda camada na cor escolhida, onde a manicure, fazendo o trabalho como se fosse uma obra de arte, pintava cuidadosamente e a uma distância razoável do início da unha. Novamente, as mãos dentro daquele forno de luz azul...e  mais uma camada e por último um cola transparente. E para finalizar, as mãos ficaram possionadas sob luz por um tempo mais longo. Por fim, um pedaço de pano molhado (com algum produto) para lustrar as unhas que estavam secas e brilhosas.

Saí do salão sem entender nada. Subi o elevador com receio de estragar as unhas, olvidando que estavam secas. E então foi que caiu a ficha: o esmalte era em gel. Achei divertido, pois pela primeira vez estava experimentando o tão falado esmalte lançado há anos. Mas logo lembrei que quando vi na Sephora no ano que foi lançado, para retirar, teria que ter produto próprio. 

As unhas foram feitas no dia 27/2. Viajei, puxei mala, bati as unhas por todos os cantos e a camada dura e brilhosa permanecia grudada.

O estranho era olhar de onde o esmalte iniciava, como se as unhas já estivessem crescidas, ao passo que foram desenhadas pela manicure e seu pincel, daquele modo. Assim oh!
No dia 06/3 estragou a primeira unha.
a primeira lasca...era pra durar 15 dias...mas nada dura nas minhas unhas
Como estava voltando para o nosso querido Brasil, pensei que aqui chegaria e tiraria o brilhoso esmalte em gel. Só que não! Gente....eu estou aqui com esse esmalte todo ruído, com as unhas doloridas e não tem salão que tire essa casca dura.  

Achei um salão no 5a. Avenida da cidade de Belo Horizonte/MG, ao preço de 40,00 Dilmas (só para retirar o esmalte).

OI...paguei R$ 12,00 pra passar o esmalte e agora tenho que pagar essa fortuna pra tirar? Não se acha produto para retirar essa cola da unha nesse país tropical das taxas elevadas para endinheirar os cofres públicos. 

Tem salão que diz que com muito esforço se tira com acetona, colocando as unhas de molho por 30 minutos (e arrebentando os dedos), e depois tem que esfregar muito para o gel sair. Um horror.

Que merda é essa? não, essa invenção duradoura prometida que durou 8 dias para aparecer o primeiro estrago não compensa pelo trabalho ou alto custo que se tem para tirar o produto. E aqui estou toda de mal do tal esmalte em gel. 

Esse não me pega nunca mais, ainda que eu esteja em um local que não se comunica. A regra é: leve o esmalte COMUM na bolsa.

O mundo e suas invenções que não compensam.

Comments