Base Double Wear e as manchas...Eu testei

Sabe aquela propaganda de beleza que todos comentam ser ma-ra-vi-lho-sa, transformadora, milagrosa etc e tal quase ao ponto que, se você usar, além de tudo, vai te fazer ficar milionária? tipo essa base da Estée Lauder, a Double Wear que, segundo os comerciais estampados nas revistas e blogs do mundo fashionista é para quem realmente precisa de um efeito máscara sem o efeito de estar usando uma máscara. Diziam elas, as propagandas, que escondiam todos os tipos de manchas na pele. Acreditei. Pena que esqueci de dar aquele close na pele de quem comentou. Geralmente são daquelas tipo bunda de bebê e, no muito, com uma lupa poderosa se consegue perceber, muito, mas muito distante uma leve manchinha.

Saí experimentando essa base em todos os lugares por onde passei em Hong Kong, em diferentes tons para ver se acertava um para esconder o melasma que está em 99% do rosto. Nada deu certo. O sr. marido olhava com cara de assustado e dizia: de longe se nota que estás com uma máscara na cara e as manchas continuam expostas. E eu ia conferir no espelho...:((

Mas.....não satisfeita, no último minuto da viagem estava eu lá na Sephora sentada como uma princesa sendo maquiada. kkkkk....imagina o dilema para encontrar a tonalidade certa no intuito de  cobrir o melasma? acharam um mais ou menos. E foram camadas e camadas e um blush pra dar tom de saúde e ....pronto. Comprei. O resultado? é esse aqui óh!.....não vejo nada milagroso a não ser as manchas amenizadas e não cobertas por uma máscara que se nota a kilômetros. Comparado sem, até que não ficou dos piores.
A foto ainda deu uma disfarçada. Visto a olho nu, não tem esse efeito. Estava pior. E olhem que foram profissionais que fizeram o árduo trabalho na tentativa de ficar natural. Ui!...e agora estou aqui, no calor do nordeste aumentando o tom das manchas.
Quem testou e tem manchas, poderia deixar comentários e dizer qual o segredo de como eu devo usar essa base?

Comments