Paisagem, natureza e os cortes de árvores = ignorância brasileira

Já reparou o quanto o verde muda o cenário da paisagem? Se tem flores estas completam, alegram o ambiente, dão colorido, refrescam, dão vida e graça em lugares mais simples que se possam imaginar.  E o que mais me admira é que ainda tem gente que sai cortando as poucas árvores existentes nas redondezas, em lugar onde o sol predomina, onde o calor é quase que insuportável e ainda pra completar, são dunas nos arredores. Ignorância não tem explicação e poderia, o Ibama, jamais conceder o perdão.

A vida por aqui é admirar essas paisagens do amanhecer ao anoitecer. De um lado as dunas e do outro o mar. Não, não tenho mais a visão das árvores nem dos pássaros que faziam festa com o ninho comunitário, no entra e sai das cantigas de alegria em ritmo de espanta os males. Quanta alegria tinham eles, pois ali era o repouso, a comida, o ninho, a vida, a procriação. Mas elas (as  4)  foram destruídas pelas mãos dos homens, quer dizer, a pedido de um, por causa de uma visão do mar. Sim, o mar, que está sempre ali, aquele que não precisa anos e anos para crescer novamente, porque ele não vai mudar, não vai embora, continua no seu ritmo e no balanço das ondas....mas as árvores...os pássaros...os ninhos...ah...tinha também um ninho de coruja nas árvores que foram chão abaixo. Tá aí a ignorância do ser humano, a ignorância brasileira, o descaso pela natureza.
Cortaram tudo...todas...foram-se os pássaros ficaram os tocos.

 E assim me resta assistir ao pôr do sol...que vem sempre quente e mais quente a ponto de querer abraçar o nordeste. Desejo que o sol abrace os destruidores da natureza para que eles sintam na pele o seu ardor, sem ter o frescor das árvores que são jogadas ao chão....diariamente.


Xoxo!...e que bom que os ignorantes não podem cortar o sol nem as nuvens....ainda!

Comments