Maui: Arte, praia, pôr do sol e comida x restaurante americano

Essa semana, precisamente na última terça-feira de Agosto, do ano de 2014, resolvi esticar as canelas para assistir ao pôr do sol no Pacific'O. Tínhamos estado nesse lugar um dia antes para jantar. Era noite, não deu pra sentir o clima, então, o retorno com a luz do dia foi necessário e de bom agrado. Todas as tardes, por volta das 17:45, ao lado desse restaurante, acontece um famoso Luau havaiano regado a muita música e dança típica com direito a jantar. A especialidade é porco. Do Pacific'O dá para ter uma canja das dançarinas fazendo um hula hula.

Primeiro fui só, porque gosto de iniciar a rotina de um por do sol com ele lá em cima, todo brilhoso. Gosto de sentir a vibração do início do entardecer e, como o local é bem em frente a praia, de olhar o que as pessoas fazem no local. Alguns ainda tomavam sol esticados na canga com o seu livro como cia. Já reparou que todo gringo tem um livro aberto à sua frente? Pois é, e eu, como uma boa brasileira, tenho um drink à minha frente #abafa. Como diz o ditado: quer fazer alguma coisa faça e não espere pelos outros. Assim fui, porque marido só fica em frente ao computador sete dias por semana, não tem férias, feriado, domingo ou dia santo.

Na lista de drinks do restaurante, martini é variável, e então, fui no primeiro da listagem: Mango and fresh mint Martini. Delicioso, parecia mais um suco. Pequeno por sinal. Fiquei lá apreciando enquanto os raios de sol batiam na minha cara manchada. Sensação boa, sabe assim? ahahaha

Terminado o drink, nada do sr. marido chegar, eu lá com o sol, resolvi abusar com algo que gosto. No cardápio havia barriga de porco. Logo pensei: torresmo. Mais que depressa fiz o pedido dessa guloseima gordurosa, porém deliciosa. Olha de novo.
devorado um ...fiquei fazendo hora com o outro pedação...o molho é adocicado assim como tudo nos USA..todo molho vem com nota adocicada...acho que preferiria sem o molho. Para acompanhar, uma cerveja, pois o martini era muito pequeno e o preço em dobro.
por completo...só não olhe muito ...as calorias podem te engordar só com o olhar





Como todo restaurante americano, há sempre uma neura. Primeiro, você chega e diz que prefere sentar outside(lá fora no pátio), pra assistir o pôr do sol, mas que quer drinks e aperitivos (entradas, pode ser até várias). Recebe um não como resposta, dizendo que daquele momento da minha ou sua chegada, em 20 minutos teriam uma lista de espera para jantar no pátio, o lugar preferido de todos (saí de lá 2 horas depois e havia mesas vagas). Compreendo, então uma mesa perto da janela já que não vejo ninguém aqui dentro. 

É tanta cerimônia para sentar que você acha que não só ficou uma velha gaga, mas totalmente cega. Agem como se o restaurante estivessem super mega lotado e te fazem esperar em um ritual de onde você irá sentar que daria um filme de suspense. E aí, nessas horas você morre de saudades do Brasil. Não tem essas frescuras. Não foi só esse restaurante, mas todos americanos. Em Park Lake City não pude sequer frequentar o BAR. Sim  minha gente, o BAR do restaurante que estava mega vazio, sem ninguém para consumir, só porque eu não queria comer, só queria um drink. Final da novela: quer utilizar até o bar? tem que consumir comida, tem que engordar, botar goela abaixo comida sem fome...ou então, comprar e não comer. Só deixar uns obamas no restaurante e ainda, sobre o valor, aplicar 15 a 20% de gorjeta para o bartender ou server, para eles não sentirem humilhados ou insultados (alguns indicam até 25% como se fosse uma obrigação, ainda que não tenhas gostado de nada). Oi! quem é insultado nesse contexto mesmo? Países e suas culturas.

Voltando ao local em Old Lahaina (sim, já foi a capital de Maui), no local que se pode passar pela rua e não dá crédito nenhum ao local, adentrando é uma surpresa. Tem várias galerias de arte no local e lojinhas. Ao final, não só o restaurante, como outros onde acontece o famoso Luau. 

entrada do restaurante
parece uma mini cidade quando se adentra ao local
a prainha ao fundo..bom pra tomar um banho de mar no final do dia
da janela dá para assistir ao sol desaperecer....na praia não se paga..basta chegar e apreciar
teve gente que chegou 5 minutos antes da partida do Rei.


 De barriga cheia com guloseimas, levantei por alguns minutos para esticar o estômago, expandir os excessos e contemplar o pôr do sol. Ô vida, como é bom comer, salve salve!
 Xoxo!

Comments