Gramado: estilo, organização e silêncio = Hostel Britânico

Chega um momento na vida que não resta outra alternativa a não ser procurar por estadias baratas para se hospedar, dizendo adeus aos hoteis luxuosos, com vistas maravilhosas, piscinas imensas e todo aquele conforto que um 5 estrelas sabe oferecer. Diz o ditado que o que é bom dura pouco. kkkk. Então, se ainda resta a vontade de viajar, a mordomia acabou, está sem grana, a solução é hostel ou alberque.

Dito isso, vamos aos fatos. Sabe aquelas promoções da GOL que faz você querer viajar o Brasil inteiro até em lugares que nem imaginava antes? Comprei sem pensar a passagem. E aí que entrou a procura do hotel. Assustei com os preços. Alternativa pra viajar com pouca grana? HOSTEL. Fui à caça de hostel em Gramado. Dividi a estadia em duas partes para amenizar o bolso: metade em hostel e metade em hotel 3 estrelas despencando. Encontrei o HOSTEL BRITÂNICO. Namorei a localização dele no mapa, achei meio que isolado da cidade, da muvuca para quem está a pé. Ótima opção para quem está de carro. Fica próximo a aldeia do Papai Noel. Tens que andar passando por aquela parte que se tem a vista das montanhas e que parece uma ponte na lateral de uma montanha. É seguro, apesar de meio escuro a noite. Eu fui a pé da estação de ônibus ao hostel. Não é puxado e caminhar é bom para o coração...hihihihi.

Eis que ao chegar no hostel fiquei encantada. Ele é meio diferente. Não tem cozinha, então nada de achar que vai guardar o leite na geladeira ou preparar sua comida. Eles vendem bebidas e só. Tem café da manhã até bonzinho e é incluído no preço. O decor é uma graça. Tem estilo e conceito 5 estrelas, se pode dizer assim, no quesito hostel.


O hostel possui quartos coletivos e, para quem está sem grana, esta é a opção mais em conta. A dificuldade dessa coletividade toda é o entra e sai das pessoas a noite ou pela manhã no quarto. Você não dorme bem. É tipo começar pegar no sono e acordar com a vizinha da cama ao lado levantando as 3 da manhã e arrastando mala para seguir o destino. Ou então, você resolve ir dormir lá pela meia noite que é o horário que costumo me deitar, e se deparar com todos no quarto dormindo. Dá aflição, pois terás que acender a luz, abrir seu armário para guardar e trancar seus pertences etc e isso acorda a galera. Enfim....quem dorme em quarto coletivo sabe desses porém, então não tem direito de reclamar.

Na foto acima a imagem do quarto e do banheiro. As camas possuem cortinas e luminária que é ótima ideia para quando você for dormir. O banheiro é separado por masculino e feminino. Tem duas duchas de ótima pressão, água quentinha, sem falar no espaço do banheiro. Tem internet free e boa.A toalha eles fornecem sem custo adicional. No quarto tem um toalheiro com numeração igual a de sua cama, ou seja, pendure ali sua toalha e não se atreva a pegar a do vizinho.

A dificuldade da pessoa que não está acostumada com hostel: ela vai tomar banho e esquece de levar o kit do banho (sim, você tem que levar seus pertencentes, shampoo, cremes, sabão etc, pois hostel não tem nada disso). Sai destinada ao banheiro, chega lá e todos estão ocupados. Volta mais tarde, enfia debaixo da ducha tangarolando e....dá o branco: KD a toalha? a pessoa pensa que está no hotel onde geralmente tem várias toalhas à disposição ali do lado, só esticar o braço e solucionado. Só que não. A pessoa está no hostel, o banheiro é longe do quarto, estás ensopada e sem toalha. E ai você veste a roupa toda molhada pra voltar ao quarto e raivosa, claro.

É difícil acostumar? Diria que é estranho ter que compartilhar dormitório e banheiro com desconhecidos e sabemos bem que o mundo é cheio de pilantras e maníacos drogados. Mas o pior de tudo é o desconforto, a falta de liberdade e aí você sente saudades dos hoteis, sejam eles 3 ou 5 stars. Tudo na vida se acostuma, se adequa, acredite na tia aqui.

Se não tem outra opção, se é o que o dinheiro dá para pagar, desfrute sua viagem e a estadia levando para o lado da diversão.

Eu amei o hostel Britânico e super indico. Ele é puro luxo. Já estou louca para voltar! 

Xoxo!

Comments