Porto, Portugal: restaurante Chez Lapin - dia de bacalhau!


São tantos os restaurantes à beira do rio Douro, que na hora da escolha de um, sem referências, dá para ficar confuso. Após o passeio das 6 pontes resolvi comer uma bacalhoada ali nas redondezas  da Ribeira para observar o movimento. Todos ofertam esse prato que é típico na região. Entre o não saber qual restaurante escolher, fui ao Chez Lapin. Atendimento bom. O garçom era brasileiro (sim, nós estamos por toda a parte). Ele foi muito atencioso e demos boas risadas . Até indicou uma marca de vinho do porto de boa qualidade a preço justo caso eu pretendesse trazer uma lembrancinha pra casa: nem tanto ao céu nem às trevas com o preço (média de 20.00 euros). 


Dentro do restaurante, que seguindo à direita, chega-se em becos com vários outros lugares para se comer...e entre os vários becos dá para subir a ladeira para chegar até a igreja de São Bento e na parte alta da cidade.

O prato não podia ser outro: Bacalhau. A preferência era em postas. O vinho, optei pelo verde. Como tomei vinho verde me Portugal ahahahah. Além de barato é uma delícia. 

O veredito do bacalhau: já comi melhores. Achei um pouco salgado (ando sensível com sal). As postas estavam um pouco ressecadas. O que mais amei foram as batatas que vieram com o bacalhau. O preço foi  em conta, normal. E como bem lembrou o garçom - como o Brasil está caríssimo em tudo hein? Ao final, fazendo as contas, creio eu que não comeria o mesmo prato no meu país com preço similar. Ele saiu, com meia garrafa de vinho verde, a 23.00 euros. 
  

O restaurante possui outros pratos e entradas diversas. Estômago cheio e feliz foi hora de fazer gracinha no restaurante com os chapéus expostos na parede e, claro, o garçom como fotógrafo.

Porto está na moda, dizem os locais. Já pensou em turistar por lá?
Xoxo!

Comments